Leituras para a quarentena

Nestes dias de quarentena, vamos utilizar a plataforma de nossa seção local como um espaço para compartilhar ideias, reunindo textos e vídeos.

Sugestões de publicações podem ser encaminhadas para secretaria@agbcampinas.com.br!

Desterritorialização sem limites: reflexões geográficas em tempos de pandemia (I), por Rogério Haesbaert

Entre a contenção e o confinamento dos corpos-território: reflexões geográficas em tempos de pandemia (II), por Rogério Haesbaert

Política anticapitalista em tempos de coronavírus, por David Harvey

Vírus: tudo o que é sólido se desfaz no ar, por Boaventura de Sousa Santos


Geografia e pandemia, por Maria Adélia Souza

A globalização sem limites nos confinou em casa, por Gilberto Maringoni

Coronavírus anuncia revolução no modo de vida que conhecemos, por Domenico de Masi


Coronavírus é um golpe estilo “Kill Bill” para o capitalismo e pode levar à reinvenção do comunismo, por Slavoj Žižek

O coronavírus de hoje e o mundo de amanhã, por Byung-Chul Han

A crise sanitária incentiva a nos prepararmos para as mudanças climáticas, por Bruno Latour [tradução inédita]


Não podemos deixar a COVID-19 nos levar ao autoritarismo, por Noam Chomsky

O capitalismo tem seus limites, por Judith Butler

O coronavírus e a luta de classes: o monstro bate à nossa porta, por Mike Davis


A Editora Terra Sem Amos compilou alguns textos no formato de um pequeno e-book (48 páginas) gratuito com o título Coronavírus e a luta de classes.


Aprendendo com o vírus, por Paul B. Preciado [tradução inédita]

A conspiração dos perdedores, por Paul B. Preciado

Tempo de vírus, por Manuel Castells

Depois da guerra, por Manuel Castells [tradução inédita]

Coronavírus: a militarização das crises, por Raúl Zibechi

Epidemia de neoliberalismo, por Raúl Zibechi

O mundo pós-pandemia, por Raúl Zibechi


Uma Geografia da Medicina [1977], por Milton Santos, em resposta a Michel Foucault

“Pandemia democratizou poder de matar”, entrevista de Achille Mbembe

“Choque econômico do coronavírus pode produzir reações fascistas”, entrevista de Alain Touraine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *