Correspondência: moção de protesto contra a exclusão da obrigatoriedade da disciplina de Geografia no Ensino Médio

Fomos notificados pelo assessor Denis César Teruya, que é formado em Geografia, sobre a moção de protesto protocolada pelo vereador de Campinas Carmo Luiz (PSC) contra a exclusão da obrigatoriedade da disciplina de Geografia no Ensino Médio. A mensagem foi encaminhada à Diretoria da AGB-Campinas com cópia para os vereadores Thiago Mascarenhas (PRB), de Hortolândia, e Henrique Conti (PV), de Valinhos.

Diz o texto da moção:

“As alterações recentes feitas pelo governo federal em relação ao Ensino Médio, na Lei nº 9.394 que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, não esclarece [sic] quanto à obrigatoriedade do ensino de Geografia neste nível de ensino. A ausência da Geografia prejudicará a formação dos estudantes não só no que se refere à leitura de mundo em articulação com o seu contexto, mas também, principalmente, à sua cidadania. Vivemos num mundo cada vez mais degradado ambientalmente, a cidadania necessita ser construída a partir do entendimento do lugar de pertencimento em relação aos fenômenos globais. Assim, a disciplina de Geografia proporciona a compreensão da relação entre sociedade e natureza no mundo que construímos, que não consegue ser abordada em outras áreas. Podemos relembrar da antiga disciplina de Estudos Sociais que surgiu durante o período de ditadura em nosso país, que prejudicou tanto a formação dos docentes daquela época, quanto toda uma geração de estudantes que foi privada do direito ao conhecimento geográfico da sociedade com a qual convivia. Considerando o regime democrático do nosso país atualmente, é inaceitável a retirada da disciplina de Geografia do nível de ensino médio porque caracteriza um retrocesso na oferta de conhecimentos necessários aos estudantes na atualidade, como nos tempos da ditadura militar”.

Acompanhe a tramitação da Moção 210/2017.

 

1 thought on “Correspondência: moção de protesto contra a exclusão da obrigatoriedade da disciplina de Geografia no Ensino Médio

  1. É um verdadeiro absurdo, pois a disciplina de Geografia permite que o aluno receba incentivo, crie noção de mundo, de espaço, é uma aula onde ele pode refletir questões sociais, ambientais, econômicas, entre muitas outras. Sem as aulas de Geografia no currículo escolar os alunos futuros cidadãos, atuantes, militantes ou não, serão cada vez mais fáceis à manipulação das mídias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *