Milton Santos, agora em inglês pela Springer

Ex-diretor da AGB-Campinas publica primeira tradução de Milton Santos em inglês desde os anos 1970

por Gustavo Teramatsu

Lucas Melgaço, ex-diretor da AGB-Campinas e bacharel e licenciado em Geografia pela Unicamp (turma 99), e atualmente docente na Vrije Universiteit Brussel, em Bruxelas, na Bélgica, acaba de publicar uma minuciosa tradução do livro Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal (Record, 2000) junto ao estudante da Universidade de Ottawa Tim Clarke. Isto faz parte de um projeto mais ambicioso de tradução e difusão da obra de Milton Santos na língua inglesa, considerando a ausência do autor brasileiro no discurso anglófono da globalização — a única tradução de um livro de sua autoria para o inglês aconteceu em 1979, quando a Methuen Publishing publicou a tradução de Chris Gerry de O espaço dividido… com o título The shared space: the two circuits of the urban economy in underdeveloped countries.

Para Melgaço, Milton Santos é conhecido como um especialista em subdesenvolvimento, urbanização e globalização. Mas o método ‘miltoniano’ ainda é pouco conhecido pelos leitores anglófonos, bem como a riqueza analítica dos estudos que utilizam o quadro teórico proposto pelo geógrafo brasileiro — que orientam estudos urbanos e rurais e passam por temas tão diversos quanto a saúde, segurança, transportes, economia, cultura etc. Elegeu traduzir primeiramente Por uma outra globalização para a divulgação do pensamento de Milton Santos, considerando que A natureza do espaço (já traduzido para o francês em 1997 e para o espanhol em 2000) não é bom um texto introdutório para se aproximar das ideias do autor.

Por uma outra globalização, em linguagem mais acessível aos cientistas sociais em geral — o que não significa que a tradução não tenha sido uma tarefa árdua e rigorosa — representa uma teoria alternativa à globalização a partir de uma visão de mundo não-hegemônica.

Apesar das dificuldades em encontrar uma editora com distribuição global interessada em publicar o livro, recentemente um dos editores da Springer — que inicialmente havia recusado a proposta de publicação — respondeu positivamente. O livro foi então finalmente como volume da coleção Pioneers in Arts, Humanities, Science, Engineering, Practice.

Além desse livro, pela mesma coleção também foi publicada uma coletânea em inglês com textos de autores que trabalham com a obra de Milton Santos, organizada em conjunto com a geógrafa Carolyn Prouse, da University of British Columbia. O livro ainda inclui a tradução do texto O Retorno do Território, também providenciada por Melgaço e Clarke, bem como dois capítulos assinados por ex-diretores da AGB-Campinas, os professores Fabricio Gallo (em Rethinking Federalism through the Work of Milton Santos) e Tereza Paes (em Milton Santos’s Thought and the Logic of Environmental Conservation in the Contemporary Period). Os capítulos podem ser adquiridos separadamente.

  • Milton Santos: A Pioneer in Critical Geography from the Global South (Springer, 2017, ISBN 978-3-319-53826-6), à venda por 69,99 dólares (ebook) ou 89,99 dólares (capa dura) | Sumário (PDF) | Capítulo 2: The Return of the Territory (prévia) (PDF)
    • 1. Milton Santos and the Centrality of the Periphery, Lucas Melgaço and Carolyn Prouse
    • 2 The Return of the Territory, Milton Santos
    • 3 Technical-Scientific-Informational Milieu, Networks and Territories, Sarita Albagli
    • 4 How Can Santos’s Theory and Concepts Help Us to Better Understand Third World Dynamics and Problems?, Aurélien Reys
    • 5 Psychosphere and Technosphere: Complex Relations in the Hospital Realm, Eliza Pinto Almeida
    • 6 The Political Economy of Territory and Agribusiness in Brazil, Samuel Frederico and Marina Castro de Almeida
    • 7 Territorial Planning in Brazil: An Interpretation Based on the Ideas of Milton Santos, Luís Angelo dos S. Aracri
    • 8 Rethinking Federalism through the Work of Milton Santos, Fabricio Gallo
    • 9 Milton Santos’s Contribution to Understanding the Transformations Underway at Modern Agricultural Frontiers, Júlia Adão Bernardes
    • 10 Geography and Indigenous Peoples: Milton Santos and the Richness of the Present Time, Roberta Arruzzo
    • 11 Milton Santos’s Thought and the Logic of Environmental Conservation in the Contemporary Period, Tereza Paes and Claudia Levy
    • 12 Environmental Crisis Through the Theories of Milton Santos, Francisco J. Toro

Melgaço também traduziu para o inglês o manifesto escrito por Milton Santos e seus alunos em 2000 — O papel ativo da Geografia: um manifesto, lançado no Encontro Nacional de Geógrafos em Florianópolis, em 2000. A tradução foi recentemente publicada na revista Antipode junto a uma introdução escrita por Melgaço (Thinking Outside the Bubble of the Global North: Introducing Milton Santos and “The Active Role of Geography”).

Sobre o manifesto, foi organizado um evento cujos artigos podem ser acessados gratuitamente neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *