AGB-Campinas recebe o geógrafo Luis Leandro Ribeiro para discutir trabalho de campo e pesquisa em Geografia

A AGB-Campinas convida para a palestra
Relato de experiência de trabalho de campo em Geografia
com Luis Henrique Leandro Ribeiro, doutor em Geografia pela Unicamp e pós-doutorando na FFP/UERJ
Data: Sexta-feira, 01/12/2017
Horário: 10h
Local: sala EB-04 (Engenharia Básica)
* * *

Na próxima sexta-feira, dia 1º de dezembro, às 10 horas, na sala EB-04, receberemos Luis Henrique Leandro Ribeiro, que compartilhará conosco sua experiência de trabalho de campo para elaboração da tese de doutorado Território e macrossistema de saúde: os programas de fitoterapia no Sistema Único de Saúde (SUS) — que recebeu o prêmio CAPES na área de Geografia no ano de 2016.

A atividade é organizada pela AGB-Campinas, com apoio do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Unicamp.

Luis Ribeiro graduou-se em Geografia pela Unicamp e realizou o doutorado no Programa de Pós-Graduação em Geografia sob orientação do prof. Márcio Cataia. Atualmente é pós-doutorando na Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, desenvolvendo a pesquisa Metrópole, Território e Estado: escalas e sentidos da apropriação urbana no uso de plantas medicinais e fitoterápicos no Leste Fluminense (RJ). Colabora no Observatório Geográfico do Leste Metropolitano do Rio de Janeiro (OBGEO-LMRJ) e integra o Núcleo de Pesquisa e Extensão: Urbano, Território e Mudanças Contemporâneas (NUTEMC), sob coordenação da Profa. Dra. Catia Antonia da Silva. É também pesquisador colaborador no projeto Brasil Saúde Amanhã de Prospecção Estratégica do Sistema de Saúde Brasileiro na Fundação Oswaldo Cruz.

Leia mais:

  1. O SUS que não se vê. Geógrafo investiga especificidades do macrossistema de saúde nos “quatro Brasis”. Reportagem de Luiz Sugimoto para o Jornal da Unicamp (outubro de 2015)
  2. A Saúde e o território. Entrevista a Marina Schneider (Saúde Amanhã) (janeiro de 2015)
  3. Pesquisa mostra que todo brasileiro já precisou, precisa e vai precisar do SUS, Carta Campinas (outubro de 2015)
  4. Saúde: campos de invisibilidades do SUS (FPA Informa) (janeiro de 2016)
Luis Ribeiro, há um ano: “Nesse ano tenebroso e temeroso, a felicidade, orgulho e honraria junto ao Professor Márcio Cataia, muito considerado mestre, na Premiação Capes de Teses 2016”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *