Entrevista: Neil Smith

  • André Pasti AGB-Campinas
  • Eduardo Sombini

Resumo

Entramos em contato com o professor Neil Smith em 2011, quando ele gentilmente aceitou a realização da entrevista durante a Conferência Internacional de Geografia Crítica (ICCG), realizada naquele ano em Frankfurt, Alemanha. Infelizmente, Smith não pode comparecer ao evento, mas se dispôs prontamente a realizar a entrevista eletronicamente. Sempre solícito e gentil, o professor respondeu à breve entrevista, no fim de julho de 2012, sendo talvez uma de suas últimas entrevistas em vida.No fim de setembro de 2012, pouco antes desta publicação, fomos surpreendidos com o falecimento precoce de Neil Smith, aos 58 anos. Ele deixa como herança acadêmica um vasto e denso conjunto de obras críticas essenciais sobre o desenvolvimento desigual e combinado, o avanço do neoliberalismo, os processos de produção e reorganização das metrópoles no capitalismos, as dinâmicas da gentrificação, além de textos que abordam as escalas geográficas, a produção do espaço, as revoluções, entre tantos outros temas.Fundamental na renovação crítica da geografia e falecido no auge de sua produção, sua perda será muito cara ao pensamento geográfico. Esperamos que esta entrevista possa ser um momento de contato com sua obra e um convite ao estudo do pensamento desse importante e engajado geógrafo.
Publicado
2012-11-19
Seção
Entrevistas