A viagem filosófica do naturalista Alexandre Rodrigues Ferreira pela Capitania do Rio Negro

fisiografia e descrições territoriais no Brasil setecentista

Resumo

Entre os anos de 1783 e 1792, Alexandre Rodrigues Ferreira realizou a mais importante expedição científica empreendida pela Coroa lusitana para reconhecimento e domínio de suas colônias além-mar. Em sua expedição pelo interior do Brasil, o naturalista teceu análises a respeito do uso e ocupação do território, elaborou descrições etnográficas e efetuou coletas de materiais dos reinos mineral, animal e vegetal, percorrendo no período em que esteve à frente desta empreitada, aproximadamente 40.000 km. Buscou apresentar os diversos aspectos naturais e sociais do território brasileiro, elaborando memórias e descrições das paisagens e de cada região que investigara. Este estudo tem por objetivo analisar as principais contribuições dos seus relatos de viagem, as intencionalidades desta expedição e a importância de suas descrições elaboradas.

Publicado
2022-04-13
Seção
Artigos