O conceito de fundo territorial para analisar a formação territorial do Oeste Catarinense entre 1880 a 1940

  • Cristina de Moraes UDESC

Resumo

O presente trabalho apresenta uma proposta teórica metodológica para estudar a geografia histórica do Oeste catarinense para contemplar um conjunto de eventos e práticas espaciais que ocorreram no período de 1880 a 1940. Esta proposta surgiu do intuito de extrapolar as abordagens majoritárias, as quais colocam em enfoque questões geográficas e/ou históricas emergidas a partir da colonização europeia (1917/1920). O conceito de fundo territorial (MORAES, 2002) é indicado como central para analisar conjuntamente as práticas e eventos que ocorreram antes, durante a após a colonização. O presente trabalho está estruturado da seguinte forma: uma breve introdução sobre as motivações acadêmicas do desenvolvimento da pesquisa; seguido de uma explanação sobre as implicações do atual conhecimento da formação territorial do Oeste catarinense; como terceira parte é discutido sobre a capacidade explicativa de alguns conceitos que são usados para abordar o histórico territorial do objeto de estudo e por fim, como parte final, são apresentadas as contribuições que o conceito de fundo territorial pode trazer para entender a referida área.

Seção
Artigos