A ideologia espacial na patrimonialização e gestão de bens culturais em áreas gentrificadas

  • Marcelo Antonio Sotratti

Resumo

O presente artigo aborda o conceito de ideologia espacial aplicado aos processso de patrimonialização e gestão de bens culturais, dando ênfase àqueles situados em áreas que passam por processos de gentrificação. Nesse sentido, ressalta algumas questões importantes que envolvem este conceito, como a apropriação ideológica do conteúdo simbólico das paisagens constituídas por bens patrimonializados, e a redução narrativa dos discursos e imagens produzidos pelos agentes responsáveis por tais processos. Também analisa o papel do turismo como elemento central na afirmação dessas ideologias e como uso estratégico dos grupos hegemônicos envolvidos no desenvolvimento econômico de tais áreas.
Publicado
2016-12-27