A creditização do território e o circuito inferior da economia urbana na Região Metropolitana de Campinas

  • Flávia Cristine Silva

Resumo

Este artigo visa analisar as formas recentes de acesso ao crédito disponível no chamado circuito inferior da economia urbana, com especial ênfase ao funcionamento deste circuito na Região Metropolitana de Campinas (RMC). A partir de uma análise que busque destacar tanto as características mais gerais de nosso período histórico, assim como a lógica de funcionamento desta situação geográfica concreta em Campinas, foi possível construir um esquema interpretativo que nos ajuda a entender as formas mais populares de organização da economia urbana comuns às maiores cidades do território.

Procuramos analisar principalmente a difusão de novas formas de acesso ao crédito na Região Metropolitana de Campinas (RMC), deu-se destaque a maior ocorrência do crédito bancário e não bancário, o uso dos cartões de crédito, assim como a utilização do cheque.

Publicado
2015-06-30
Seção
Artigos