A fronteira, os tratados e os mapas: a formação territorial do Brasil e os tratados de Madri e Santo Ildefonso

  • Jessica Aparecida Correa UNESP- Universidade Estadual Paulista- campus Rio Claro. /graduada

Resumo

O presente artigo apresenta os principais tratados geopolíticos ocorridos no Brasil colonial durante o período pombalino entre os anos de 1750-1777 são eles, os Tratados de Madri (1750) e Santo Ildefonso (1777). Tendo como mediação a Geografia Histórica e a Cartografia Histórica, o trabalho busca identificar as formas de demarcação dos limites territoriais estabelecidos nas fronteiras do Brasil meridional e as disputas políticas travadas entre Portugal e Espanha. O estudo ganha relevância por trazer à cena a gênese dos atuais contornos e extensão do território brasileiro permitindo dessa forma, a compreensão mais ampla das proposições dos referidos Tratados, bem como das partidas demarcatórias executadas no período revelando as estratégias de ocupação, interiorização e efetivação do domínio metropolitano sobre as vastas terras da colônia brasileira.   

Publicado
2015-06-30
Seção
Artigos