O Grupo Cultural AfroReggae e a promoção da cidadania através da cultura

  • Márcio Tadeu da Silva PUC-Campinas
  • Amanda Rebello Anastácio PUC-Campinas

Resumo

A violência urbana possui vínculos estreitos com o território utilizado – que é o mesmo que o espaço geográfico conforme Milton Santos – assim como a cultura possui vínculos com a territorialidade. Ao estabelecer essa relação, verificando previamente os dados gerais da violência urbana no estado do Rio de Janeiro, busca-se verificar como o Grupo Cultural AfroReggae (GCAR) promove ações voltadas à inclusão e à justiça social, voltadas, principalmente, aos jovens pobres. Busca-se verificar como o GCAR cria e consolida solidariedades geográficas, estabelecendo vínculos entre a cultura e a territorialidade, assim como a sua eficácia no combate à violência, tanto do narcotráfico, quanto da policial.

Biografia do Autor

Márcio Tadeu da Silva, PUC-Campinas
Graduando da Faculdade de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
Amanda Rebello Anastácio, PUC-Campinas
Graduanda da Faculdade de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
Publicado
2011-12-31
Seção
Artigos